Justiça é muito mais lenta na Bahia

Na Bahia, 148 cidades não têm juiz, 124 não tem promotor e 92 estão sem delegados titulares. Das 277 comarcas do interior, seis não contam com juízes titulares desde suas fundações. Entre elas as comarcas de Itabuna, Barreiras e Brumado – esta criada há mais de 30 anos. Em Brumado, há processos conclusos há mais de 15 anos que ainda não foram julgados. Na Bahia há 603 magistrados, um para 25 mil habitantes. Segundo o Conselho Nacional de Justiça o número ideal seria de um juiz para cada grupo de dez mil pessoas. A situação do estado é pior do que a do restante do país, cuja média é de um para 16,6 mil habitantes. O funcionamento da Justiça também é prejudicado pela falta de promotores em 123 municípios. Informações do Correio da Bahia.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s