UPB prevê menor dificuldade de prefeituras baianas para pagar 13º

reuniao_upb.jpgA União dos Municípios da Bahia (UPB) prevê menor dificuldade dos municípios no pagamento de 13º.
De acordo com a UPB, a tranquilidade financeira veio a partir da repatriação de recursos. Soma-se a isto o 1% do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), que é liberado no final do ano.
Apesar da estimativa otimista, a UPB não fez nenhum acompanhamento das prefeituras que devem atrasar os pagamentos. Dado anterior à repatriação dava conta de que 30% das prefeituras baianas, pelo menos, não teriam dinheiro para quitar o 13º salário dentro do prazo legal.

“Acredito que 30% dos municípios terão dificuldades em fechar as contas e pagar o 13º dentro do prazo. Passada a eleição, muitos prefeitos têm nos ligado falando dessa situação e da dificuldade em honrar seus compromissos”, disse a presidente da UPB, Mária Quitéria, em outubro deste ano.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s