Promotor sugere veto a aumento de salários para políticos de Brejões

Brejões.jpg

A Promotoria de Justiça de Brejões, no Vale do Jiquiriçá, quer que o prefeito Alan Andrade Santos (PT) vete o aumento de salários aprovado pela Câmara de Vereadores local. A recomendação do promotor de Justiça Ariel José Guimarães Nascimento, publicada nesta quarta-feira (16), argumenta que o reajuste vai de encontro à realidade de “grave crise financeira que assola o país e o município de Brejões”.

O promotor ainda declarou que não houve estudo de impacto financeiro, em caso do aumento salarial, sobre as contas do Município, nem divulgação e participação popular na aprovação do reajuste. Caso sejam aprovados, os projetos de Lei nº 002/2016 e nº 003/2106 aumentarão os salários de prefeito, para R$ 18 mil, o de vice-prefeito, para R$ 9 mil, e o de secretários, para R$ 4,5 mil.

Não há informações sobre o quanto será pago aos vereadores a partir de janeiro de 2017.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s